Home / Barueri / Agentes mirins visitam Secretaria de Segurança de Barueri

Agentes mirins visitam Secretaria de Segurança de Barueri

“Defesa Civil somos todos nós!” é a frase que está na ponta da língua e o conceito que permeia a rotina de 150 jovens de Barueri desde que passaram a integrar o programa Agentes Mirins Multiplicadores. São estudantes de 10 a 15 anos da rede municipal de ensino que participam, semanalmente, de aulas  e saídas especiais ministradas por membros da Defesa Civil com o intuito de ensiná-los a praticar a cidadania e atuar ativamente na vida em sociedade.

Fez parte da programação destinada a esses jovens a visita à Secretaria de Segurança e Mobilidade Urbana (SSMU) de Barueri, que aconteceu na manhã de 28 de agosto. Lá, eles puderam conhecer todos as corporações gerenciadas pela Secretaria, como a Guarda Municipal, o Demutran, a Guarda Ambiental e a própria Defesa Civil.

Eles viram de perto o funcionamentos dos setores e a grande responsabilidade desses profissionais com a segurança e o bem-estar dos cidadãos. Representantes de cada área deram explicações, fizeram demonstrações e responderam às dúvidas, que foram muitas.

Na pele dos heróis 

Mais do que ver e ouvir, os agentes mirins puderam se colocar na pele dos heróis que salvam vidas e garantem a segurança do município. Logo que chegaram, tiveram uma aula bastante detalhada sobre primeiros-socorros. Eles também presenciaram uma simulação do que acontece quando há vazamento de gás em uma residência e os cuidados que se deve tomar.

A sala de videomonitoramento da Guarda encantou as crianças. Diante do moderno circuito instalado pela Prefeitura, eles puderam ver os pontos mostrados pelas 315 câmeras distribuídas pela cidade e o quanto a segurança é levada a sério. Poder entrar nos veículos utilizados pela Guarda, inclusive o da Romu, e até o ônibus de monitoramento municipal, também empolgou bastante os visitantes.

Inspirada no primo, que é policial, Eduarda C. S. Silveira, 11 anos, do 6º ano da Emef Prof. Taro Mizutori, pediu para fazer parte do projeto. “Aqui a gente aprende muita coisa, participa das atividades, aprende mais para se tornar uma pessoa melhor”, afirma.

Sua colega Sophia Sander Ramos, 11 anos, teve as mesmas motivações, reforçadas pela família, que apoiou totalmente a ideia. “Estou gostando bastante. A gente já aprendeu sobre dengue, DSTs, como agir em casos de emergência com os bombeiros, várias coisas”, detalha.

Dentre as atividades externas reservadas para essa turminha, ainda restam a visita ao Palácio dos Bandeirantes, que deve ocorrer em setembro, e ao Parque Ecológico do Tietê, agendada para outubro. 

Aliz Lambiazzi – 30/08/2017 

Crédito das fotos: Aliz Lambiazzi / Secom 

Sobre rodrigo

Leia também

Zona Azul Digital começa a funcionar em caráter piloto em Barueri

Na quinta-feira (dia 25) entrou em operação a Zona Azul Digital em Barueri, tecnologia desenvolvida …