Home / Barueri / Alunos de Barueri visitam Museu da Língua Portuguesa e Pinacoteca do Estado

Alunos de Barueri visitam Museu da Língua Portuguesa e Pinacoteca do Estado

Na manhã da última quinta-feira, dia 1º de setembro, 21 alunas e oito alunos do 7º ano B da Emef Padre Luiz de Oliveira Andrade (do Engenho Novo), por inciativa do professor Elias da Silva Sposito, titular de Língua Portuguesa, estiveram envolvidos em uma jornada cultural sobre artes e aprofundamento em conhecimentos da língua-mãe. Thaís de Andrade, coordenadora; Pâmella Jocimari Marcondes, professora de Artes, e Nicoli Luíza Domingues também integraram a comitiva.  

Pela manhã, os alunos estiveram no Museu da Língua Portuguesa, que foi reaberto em 31 de julho do ano passado após ter ficado quase sete anos em reforma por conta de um incêndio de grandes proporções. À tarde, a visita foi às exposições de pinturas e esculturas da Pinacoteca do Estado 

Sediados no bairro da Luz, que se tornou um importante polo cultural na Capital paulista, ambos os institutos não cobram ingressos de excursões de escolas públicas que fazem agendamento.  

“A visitação a museus transforma a visão que as pessoas têm sobre o mundo em que estão inseridas. As artes funcionam como elemento que justifica a vida e o porquê de se estar no mundo. Todas essas mudanças e experiências fazem parte do que se denomina como capital cultural, ou, como preferimos dizer em linguística, o conhecimento de mundo que são extremamente importantes para a interpretação de texto”, revela o professor Elias. 

Essa foi a melhor experiência da minha vida. Consegui aprender muito sobre a história da língua portuguesa, sobre como ela define a gente como país. Não consigo acreditar ainda que vi uma obra da Tarsila do Amaral. A gente só via isso nas aulas de artes”, afirma Eduarda de Paula Souza, de 12 anos. 

 

Esther Cordeiro Martins, de 13 anos, também aproveitou a oportunidade ao máximo. “Foi maravilhoso! Aprendi que cada obra de arte é mais do que apenas pintura, cada uma conta uma história incrível”, disse a jovem.  

“Sinto que a visita foi mais do que positiva, a começar pelo engajamento dos alunos nas atividades, no relato dos alunos e nas atividades que serão realizadas acerca do que foi visto e aprendido”, conclui Sposito. 

Uma nova visita aos mesmos locais deverá ocorrer no próximo dia 29 de setembro com 80 alunos de várias turmas da Emef Profª. Suzete da Costa e Silva Mariano, do Jardim Maria Helena. Um número maior de docentes deverá integrar a comitiva. 

Sobre Redação

Leia também

Secretaria de Esportes de Barueri trabalha em prol da inclusão e do acolhimento

Com o aumento significativo do número de alunos com deficiência, autismo ou algum outro tipo …