Home / Barueri / Barueri sedia encontro regional sobre smart cities dia 27 de março

Barueri sedia encontro regional sobre smart cities dia 27 de março

O Centro de Eventos de Barueri recebe no dia 27 de março, a partir das 9h, o Fórum Regional Cidades Inteligentes, Resilientes e Sustentáveis, as chamadas smart cities. Esse encontro discutirá o conceito moderno de gestão pública e reunirá autoridades municipais e estaduais, empresários, influenciadores, entre outros convidados da cidade.  

Já estão confirmadas as presenças do vice-governador de São Paulo, Felício Ramuth, do presidente da Desenvolve SP Ricardo Brito, do prefeito de Barueri Rubens Furlan, do administrador de Inovação e Tecnologia de Barueri Jonatas Randal, do vice-presidente do Instituto Smart City Business América (ISCBA) Lívio Giosa, do CEO do ISCBA Leopoldo Albuquerque e do professor da PUC/COGEAE Marcelo Graglia, além de outros especialistas do tema. 

O evento se replicará em cinco regiões do Estado de São Paulo, sempre com o objetivo principal de fomentar o conceito de smart cities, ou cidades inteligentes, para desenvolver uma sociedade mais sustentável econômica, social e ambientalmente, avançada tecnologicamente, inovadora, inclusiva, criativa, inserida no contexto da transformação digital, com o compromisso de melhorar a qualidade de vida da população.  

Esse encontro é promovido pelo Instituto Smart City Business America (ISCBA) e conta com o apoio da Desenvolve SP, a Agência de Fomento do Governo do Estado de São Paulo, do Instituto de Pesquisas em Ecologia Humana (IPEH) e da Prefeitura de Barueri. 

Os pilares de uma cidade inteligente 

Social. As Smart Cities colocam os cidadãos no centro do planejamento urbano;  

Gestão. A eficiência na gestão pública é vital para o seu sucesso; 

Tecnologia. É o alicerce das Smart Cities; 

Sustentabilidade. A inclusão de todos é indispensável, assim, a acessibilidade é fundamental. 

Fonte: FGV Projetos 
 
Nesse encontro em Barueri, além dos pilares acima citados, será apresentado também o aspecto da resiliência, que é basicamente reduzir os riscos de desastres naturais urbanos com enfoque na prevenção, na antecipação da incerteza e ameaça e na resistência aos desastres, por meio do socorro assertivo e rápida recuperação. 

Sobre Redação

Leia também

Já atualizou a vacina do seu pet?

A Prefeitura de Barueri mantém um posto fixo de vacinação contra a raiva em cães …