Home / Barueri / Semurb e CCR ViaOeste liberam desvio próximo à Praça das Artes

Semurb e CCR ViaOeste liberam desvio próximo à Praça das Artes

Por conta da continuidade das obras de extensão das vias marginais da Castello Branco, a CCR ViaOeste, em alinhamento com a Semurb (Secretaria de Mobilidade Urbana) de Barueri, libera neste sábado, 2, a partir das 10h, o desvio provisório no km 26 da rodovia e construirá um novo viaduto na área que ficará isolada. As alterações ficam no trecho de acesso à Praça das Artes. A obra tem previsão aproximada de seis meses para conclusão.  

A Semurb recomenda aos motoristas que fiquem atentos à nova sinalização e respeitem a velocidade regulamentada do local. Os agentes de trânsito intensificarão o monitoramento e farão toda organização do trânsito no trecho com alteração.  

Com a mudança no viário, o motorista com sentido à rua da Prata, passando pela Praça das Artes, terá por obrigatoriedade acessar pelo novo desvio. Isso porque será fechada uma parte da pista da rua Presidente Artur da Costa e Silva (ao lado do viaduto de acesso à Praça das Artes), via que faz interligação com o trecho de subida da avenida Tancredo Neves e Praça das Artes.  

Neste caso, com essa interdição, parte da pista de interligação com a rua Presidente Costa será utilizada apenas para condutores com destino à Castello Branco (sentido Alphaville e Capital) – acesso feito depois dos semáforos do cruzamento da rua Presidente Tancredo Neves com a Praça dos Artistas (próximo ao Monumento à Solidariedade). O motorista deve prestar bastante atenção para não errar o percurso e entrar na rodovia.  

Pista reativada 

Devido à alteração, a CCR ViaOeste reativou no dia 14 de agosto a pista que fica antes do túnel de interligação da rua Presidente Artur da Costa e Silva com a Praça das Artes e avenida Tancredo Neves. Com isso, a avenida Anápolis passou a funcionar apenas como via local no bairro Bethaville.  

Ampliação das marginais 

As obras de ampliação das marginais da Castello Branco estão previstas para término em 2025. Abrangem desde o km 22+500 até o km 27, além de faixa adicional do km 27 ao km 31+650 (sentido Interior), com o objetivo de proporcionar segurança, conforto e maior fluidez na interligação da capital paulista com os municípios da Região Oeste Metropolitana de São Paulo.  

O projeto inclui ainda a construção de duas novas pontes paralelas à ponte Guilherme de Almeida, sobre o rio Tietê; e a remodelação dos trevos de Alphaville e de acesso à região central de Barueri, passando pela Praça das Bandeiras.   

 

Sobre Redação

Leia também

Defesa Civil realiza a 6ª reunião do Conselho Municipal

Na quinta-feira, dia 27 de junho, foi realizada a 6ª reunião do Conselho Municipal de …