Home / Barueri / Simpósio da Saúde aborda o enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes

Simpósio da Saúde aborda o enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes

Nos dias 25 e 26 de maio, o município de Barueri sediou o 1º Simpósio da Coordenadoria de Atenção Básica à Saúde, no Centro de Eventos, com o tema “Enfrentamento à violência sexual de crianças e adolescentes do município de Barueri”.

 

Com o intuito de montar uma rede de proteção em prol da criança e do adolescente na cidade para identificar os sinais, notificar e agir de forma mais precisa para protegê-los o quanto antes de algum tipo de violência, o evento foi dedicado aos profissionais de todas as Secretarias municipais e promovido pela Secretaria de Saúde de Barueri.

 

A iniciativa vem ao encontro do Dia Nacional de Combate ao Abuso e Exploração Sexual contra Crianças e Adolescentes, celebrado em 18 de maio. “Essa integração dos nossos profissionais é fundamental para compreensão e encaminhamento dos casos de violência no município. É triste saber que há diversos tipos de violência, mas é uma realidade que devemos enfrentar, pois não podemos permitir que continue acontecendo”, explicou o secretário de Saúde, Milton Monti.

 

Na ocasião, a coordenadora da Cabs, Fernanda Lucas Medeiros, enalteceu os profissionais e alertou sobre a importância do trabalho em rede, pois 80% dos casos acontecem dentro de casa.

 

Palestras

Entre as palestras ministradas, os “Tipos de Violência, Manejo Clínico e Fluxo de Saúde”, ministrada pela diretora técnica da Saúde da Criança da Cabs, a pediatra Vera Freire Gonçalves, falou sobre a importância da atuação do profissional e os tipos de violência: física, sexual, psicológica, negligência, bullying, síndrome de Munchausen por Transferência (o portador causa ou simula a doença em outra pessoa, geralmente uma criança sob seus cuidados) e cultos ritualísticos.

 

“A criança não entende que está sofrendo um tipo de violência e fica sem saber como agir ou reagir. É fundamental que pais, professores e cuidadores fiquem atentos à linguagem não-verbal delas. A preservação da vida e da integridade física dos envolvidos precede qualquer outro tipo de intervenção e o atendimento clínico deve ser prestado imediatamente, independentemente de confirmação de violência ou do acionamento prévio de autoridade policial ou judicial”, frisou Vera.

Na palestra “Vigilância da Violência”, com a também pediatra Magda Vianna, da Coordenadoria de Vigilância em Saúde, foi explicado o funcionamento do Sistema de Informação de Agravos de Notificação (SINAN), sobre a importância da notificação e como deve ser preenchido cada item.

 

Em seguida, o conselheiro tutelar de Barueri, o advogado Paulo Henrique Ribeiro, explicou o que faz o Conselho Tutelar na cidade, quais são as medidas de proteção, as denúncias, como é feito o atendimento e como se encaminha à rede.

 

Já a Delegada de Defesa da Mulher (DDM) de Barueri, Carolina Nascimento Silva Aguiar, abordou as “Perspectivas jurídicas acerca de violência sexual contra crianças e adolescentes”. Ela detalhou o trabalho na delegacia, que funciona 24 horas por dia, as infrações penais, as violências e os conceitos diferentes de crimes, o andamento das investigações, entre outros.

 

Para finalizar o ciclo de palestras, a diretora técnica de Proteção Especial da Secretaria de Assistência e Desenvolvimento Social, a psicóloga Yula Aparecida Moreira, explicou sobre a política de Assistência Social, a Proteção Social Básica e Especial, os serviços realizados nos Centro de Referência Especializado de Assistência Social (CREAS) e no Núcleo de Proteção à Violência (NUPAV).

 

“Para mim foi enriquecedor participar deste Simpósio. Os temas chamaram muito a minha atenção e foram bastante comoventes, pois precisamos mesmo ficar atentos no dia a dia e enxergar esses sinais que podem salvar vidas. Eles talvez não tenham uma segunda chance e com a nossa ajuda, terão”, disse a psicopedagoga da Secretaria dos Direitos da Pessoa com Deficiência de Barueri (SDPD), Evidiany Ferreira Barbosa.

Sobre Redação

Leia também

‌ Etec de Barueri convida para Feira de Anatomia e Fisiopatologia

A Escola Técnica Estadual (Etec) Antônio Furlan, de Barueri, convida toda a comunidade para a …