Home / Trânsito e transportes / Movimento Paulista divulga novos dados sobre fatalidades no trânsito

Movimento Paulista divulga novos dados sobre fatalidades no trânsito

Segundo os novos dados do Infosiga SP, 139 mortes ocorreram na região metropolitana de São Paulo em outubro. No Estado, houve reduções de -8,2% no mês e -4,9% neste ano. Acidentes envolvendo motociclistas e pedestres lideram as estatísticas

O Movimento Paulista de Segurança no Trânsito, programa do Governo de São Paulo que visa reduzir o número de fatalidades causadas por acidentes no Estado, divulga hoje os novos números do Infosiga SP. Os dados consolidados de outubro para a região metropolitana de São Paulo mostram que houve aumento de 2% na comparação com o mesmo mês do ano passado (139 contra 136). Entre janeiro e outubro, foram registradas 1.448 fatalidades, redução de -3% na comparação com os dez primeiros meses de 2017 (1.488). No Estado, a redução é de -8,2% no mês (450 contra 490 óbitos) e de -4,9% entre janeiro e outubro (4.490 fatalidades contra 4.7190 nos dez primeiros meses de 2017.

Fatalidades envolvendo pedestres lideram as estatísticas. Em outubro, foram 55 ocorrências, aumento de 8% na comparação com 2017 (51). Motociclistas estão em segundo lugar, com 46 casos e redução de -4% (48 no ano passado). Na sequência, aparecem os ocupantes de automóveis, com 21 óbitos e redução de -12% (24 ocorrências em 2017), e ciclistas, com 9 ocorrências e aumento de 12% (8 em 2017).

As fatalidades de trânsito na região estão concentradas nas vias municipais (62%) e nos períodos da noite e madrugada (44%), assim como nos finais de semana. Os dados do Infosiga SP mostram que 1 em cada 3 ocorrências (35%) são registradas aos sábados e domingos.

Homens (75%) e os condutores dos veículos (40%) são as principais vítimas do trânsito, sendo que 1 em 4 fatalidades são de jovens com idade entre 18 e 29 anos. Ainda de acordo com as análises do Movimento Paulista de Segurança no Trânsito para o mês de outubro, em 63% dos casos o falecimento ocorre nos hospitais, e os atropelamentos (39%), colisões entre veículos (37%) e choques contra objetos fixos (9%) lideram as estatísticas.

Desde 2015, ano que marca a criação do Movimento Paulista e da série histórica analisada via Infosiga SP, as fatalidades no trânsito seguem em redução gradual ano a ano. De janeiro a outubro de 2018, 11 das 16 regiões administrativas do Estado apresentam redução dos índices.

Sobre rodrigo

Leia também

banner da campanha Natal do Bem 2018 do Detran.SP

Campanha “#Natal do Bem”, do Detran.SP, arrecada brinquedos, roupas e alimentos até esta sexta (14)

Doações podem ser feitas em todas as unidades do Detran.SP; elas serão entregues a instituições …