Home / Cidades / Adotar cão idoso é um ato de amor

Adotar cão idoso é um ato de amor

adotar cão

Adotar um cão ou gato é um momento emocionante para as pessoas, principalmente para as crianças que normalmente ficam encantadas na maioria das vezes pelos filhotes.

Mas o que muitos não sabem é que é possível adotar um cão adulto, idoso e até mesmo aquele animalzinho que perdeu a visão ou algum membro do corpo.

Em Barueri, o Centro de Proteção ao Animal Doméstico (Cepad), administrado pela Prefeitura através da Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente, desenvolve um trabalho especial de acolhimento – os animais são recolhidos pela equipe de Controle de Zoonoses da Secretaria de Saúde e encaminhados para o Cepad, e lá são castrados e vacinados, ficando disponíveis para adoção.

Além de filhotes, lá existem animais que precisam de muito carinho, pets que perderam as patas em tristes acidentes, cães mais velhinhos que ainda têm muito pique e energia e alguns cãezinhos que perderam a visão. Esses animais estão lá assim como os filhotes, à espera de um dono.

E engana-se quem pensa que um animal com apenas três patas, ou cego de um olho, não são ativos. Eles são extremamente espertos e cheios de energia, não têm como não se apaixonar por eles.

Existem algumas vantagens na adoção de um cão adulto ou idoso, e uma delas é que os pets mais velhos podem ser grandes amigos das crianças. Mas é essencial que elas saibam que é importante compreender a personalidade do animal, e que eles precisam ser tratados com carinho e paciência.

Além disso, muitos acham que os animais mais velhos ou com algum tipo de deficiência não têm muita disposição para brincadeiras – obviamente, os mais velhos não têm as mesmas explosões de energia dos filhotes, mas eles gostam de brincar com os familiares da mesma forma que um cachorro ou gato mais novo.

Quero adotar
Antes de tomar a decisão de adotar é fundamental certificar-se que todos da família estão de acordo com a adoção e entender que os cães mais velhos ou com algum tipo de condição precisam de amor, carinho, cuidados, alimentação saudável e zelo pela saúde.

“Os cães idosos são muito companheiros, e depois da adoção fazemos o trabalho de posse responsável, com visitas para acompanhar como os animais estão sendo tratados”, explicou Roberta Mesquita, gestora do centro.

Todos os cães e gatos disponibilizados para adoção são castrados e vacinados. Basta ir até o Centro de Proteção ao Animal Doméstico, de segunda a sexta-feira, das 8 às 16 horas, na rua Vera Cruz, 340, Bairro dos Altos. Informações 4198-0819.

Secretaria de Comunicação Social

Sobre rodrigo

Leia também

Últimas Indicações do vereador Cristovam são apresentadas na Câmara

Parlamentar de Carapicuíba faleceu no domingo (28), vítima de pneumonia Durante a 13ª Sessão Ordinária …