Home / Cidades / Barueri na guerra contra a violência à mulher

Barueri na guerra contra a violência à mulher

Georgia Pedro

delegaciamulher
Foto: Valdir Galindo

A Prefeitura de Barueri se preocupa e muito com a saúde, bem-estar, desenvolvimento social, cultural, educação e segurança das mulheres do município – para isso, em 2013 criou uma Secretaria Municipal especialmente para atender este público.

A Secretaria da Mulher desenvolve diversos projetos e ações que visam oferecer às mulheres munícipes meios para promoção de seus direitos e igualdade de gênero.

E é por meio da Coordenadoria de Enfrentamento à Violência contra Mulher que muitas dessas ações acontecem em Barueri. O órgão oferece atendimento multidisciplinar de orientação social e jurídica, assistência psicológica no acolhimento e acompanhamento de mulheres em situação de violência. Este trabalho é articulado com a rede de atendimento governamental e não governamental do município, com destaque para a parceria com a Delegacia de Defesa da Mulher – que funciona no mesmo prédio da Secretaria.

“O atendimento objetiva a ruptura do ciclo de violência, com a promoção ao acesso às políticas públicas para mulheres; e na busca pelo alcance de sua autonomia por meio da superação de direitos violados, seja no âmbito da saúde, educação e trabalho”, explica Luciana Ribeiro da Silva, coordenadora de Enfrentamento à Violência contra a Mulher e Diversidade Sexual. “Também mantemos projetos de geração de renda, capacitação profissional, empreendedorismo e qualidade de vida”, complementa.

Além disso, a Secretaria da Mulher promove um trabalho preventivo e informativo junto à comunidade, através dos encontros conhecidos como “Chá Lilás”. Os eventos tratam da temática do combate à violência, e promovem a divulgação dos serviços e do conhecimento sobre a Lei Maria da Penha – de forma a fortalecer o empoderamento da mulher na perspectiva de despertar o seu papel na causa. “E o principal é construir um elo de confiança nos serviços da rede de atendimento e proteção à mulher no município, incentivando a denúncia a todas as situações de violência”, diz Luciana Ribeiro.

Parcerias fortalecem rede de proteção
A Secretaria da Mulher de Barueri possui ações junto ao Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo (Cioeste), por meio do Grupo de Trabalho de Gênero, composto por gestoras de políticas públicas para mulheres dos oito municípios que o compõe, cujo projeto em fase de implantação é o “Casa Abrigo Regional”.

Esse programa visa proteção integral e perspectiva de construção de um projeto de vida fora do ciclo de violência para mulheres em situação de risco.  “É uma conquista na luta pelo combate à violência contra mulher e garantia dos direitos das mulheres, em que a mulher e seus filhos nesta situação terão um local de acolhimento institucional”, comenta Luciana Ribeiro.

Outro projeto na área de combate à violência em Barueri recém aprovado por meio de lei municipal foi o “Guardiã Maria da Penha”. Seu objetivo é o monitoramento à aplicação das medidas protetivas como forma de fornecer à mulher apoio na denúncia de violência. O programa também busca diminuir o número de reincidência de casos de descumprimento dessas medidas por parte dos agressores.

A ação está em fase de implantação no município, e é uma parceria entre as Secretarias da Mulher e dos Assuntos de Segurança da Prefeitura, com apoio das demais secretarias, Ministério Público e Delegacia de Defesa da Mulher.

“Apitaço” em Barueri protestou contra estupro no Rio de Janeiro
Em um ato de protesto pelo ato cruel ocorrido com uma adolescente carioca de apenas 16 anos, usuárias e funcionárias da Secretaria da Mulher fizeram na sexta-feira, 3, na sede da Secretaria, um “apitaço” em forma de protesto contra a violência sofrida pela garota e para lembrar a importância de combate à violência de qualquer natureza contra as mulheres.

Para mais informações sobre as ações realizadas pela Secretaria da Mulher, ligue 4706-4046.

Sobre rodrigo

Leia também

Últimas Indicações do vereador Cristovam são apresentadas na Câmara

Parlamentar de Carapicuíba faleceu no domingo (28), vítima de pneumonia Durante a 13ª Sessão Ordinária …