Home / Barueri / CTA de Barueri distribui autoteste de HIV a pacientes durante quarentena

CTA de Barueri distribui autoteste de HIV a pacientes durante quarentena

Apesar dos atendimentos do Centro de Testagem e Acolhimento (CTA) de Barueri continuarem sendo oferecidos normalmente durante esse período de quarentena causado pela pandemia por coronavírus, foi natural uma queda no fluxo de pacientes, já que muitos estão cumprindo o isolamento social.

Com o intuito de manter o cuidado e a proteção dos usuários com essa demanda, a equipe do CTA tem disponibilizado a esse público autotestes de HIV. Cada pessoa pode retirar até cinco autotestes, possibilitando serem utilizados em casos de erro no momento da aferição e também repassados a parceiros sexuais e amigos.

Mas atenção! O autoteste não serve para fins diagnósticos, ele apenas indica, em caso positivo, se a pessoa deve procurar o serviço de saúde para realizar uma investigação mais aprofundada.

“O autoteste está sendo distribuído em caráter emergencial para evitar aglomeração no serviço e colaborar para que as pessoas não se exponham socialmente. Esse teste não tem função diagnóstica, no eventual resultado positivo o usuário deverá procurar o serviço mais próximo de sua residência ou mesmo o CTA para elucidação diagnóstica e possíveis encaminhamentos”, alerta o coordenador do Programa IST/Aids e Hepatites Virais de Barueri, Reinildo de Souza.

Reinildo explica que os CTAs são locais de referência para as pessoas mais vulneráveis do município. Seu papel é essencial na manutenção de estratégias de facilitação do acesso a insumos de prevenção, como preservativos femininos e masculinos, géis lubrificantes, materiais informativos, estratégias biomédicas de prevenção contra o HIV, como a PrEP (Profilaxia Pré-Exposição) e a PEP (Profilaxia Pós-Exposição), além do tratamento das ISTs (Infecções Sexualmente Transmissíveis).

Protocolos
Além da adoção de todas as medidas de segurança para evitar o contágio do novo coronavírus, o acolhimento dos pacientes que forem buscar o autoteste no CTA deve seguir uma série de protocolos. A entrega será feita somente às pessoas com demanda de testagem de HIV; as orientações de como utilizar o teste, além de impressas, devem ser feitas individualmente pelo profissional, e o usuário deve preencher um formulário de retirada.

O autoteste não se destina à população em geral, a menores de 12 anos, a pessoas que já sabem que são portadoras de HIV e a quem não saiba ler. Casos excepcionais devem ser analisados no acolhimento, como pessoas vulneráveis que estejam partilhando espaços comuns, jovens compartilhando moradia, profissionais do sexo numa mesma casa, abrigos e situações em que a pessoa referir contato com mais parceiros sexuais e/ou pares e se dispuser a entregar os autotestes às pessoas em sua convivência.
____
Aliz Lambiazzi – 17/04/2020
Crédito das fotos: Aliz Lambiazzi / Secom

Sobre Hostmarx - Hospedagem e Desenvolvimento de Sites

Leia também

Santana de Parnaíba passa para fase amarela a partir do dia 13 de Julho

No último sábado (11/07), o Prefeito de Santana de Parnaíba Elvis Cezar realizou uma transmissão …