Home / Barueri / Descaso do prefeito de Barueri afeta a saúde da população, afirma Simesp

Descaso do prefeito de Barueri afeta a saúde da população, afirma Simesp

Em consequência das atitudes do prefeito de Barueri, Rubens Furlan, a saúde da população agora está em risco. “Por fora, uma fachada elegante e suntuosa chama a atenção, por dentro macas e cadeiras nos corredores acomodam os pacientes do Serviço de Assistência Médica de Barueri (Sameb)”, relata Eder Gatti, presidente do Sindicato dos Médicos de São Paulo (Simesp).

Furlan, que prometeu em seu discurso de posse oferecer “medicina de rico para o povo pobre”, hoje promove a terceirização dos serviços de saúde do Sameb colocando uma organização social (OS), o Instituto Gerir, para administrar os serviços da unidade. De acordo com Gatti, tal atitude é uma tentativa de desmonte da saúde de Barueri.

A OS substituiu médicos que eram concursados e experientes por profissionais terceirizados, com vínculos precários e salários desvalorizados. Como consequência, a população sofre desassistida, com falta de profissionais, superlotação no atendimento e uma péssima estrutura para pacientes de emergência. “Os médicos merecem condições dignas de trabalho e a população merece serviços de saúde de qualidade”, disse Gatti.

Vale ressaltar que, inicialmente, Furlan havia demitido os médicos do Hospital Municipal de Barueri Dr. Francisco Moran sem realizar o pagamento de seus direitos trabalhistas. O Simesp tenta diálogo com o prefeito para encontrar saídas, mas até então não obteve nenhum tipo de resposta. “Furlan não quer ouvir os médicos e ainda engana a população. Os profissionais e as pessoas que dependem do Sameb e dos demais serviços de Barueri, não podem se calar”, afirma Gatti.

Sobre rodrigo

Leia também

Largada do Rallye Histórico DIMEP acontece no Iguatemi Alphaville

No dia 19 de outubro, sábado, competidores se concentrarão no Iguatemi Alphaville, a partir das …