Home / Trânsito e transportes / Motoristas podem doar agasalhos nas praças de pedágio do Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do Rodoanel

Motoristas podem doar agasalhos nas praças de pedágio do Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do Rodoanel

content_idAté o dia 30 de junho, quem passa pelas rodovias também pode contribuir com a Campanha do Agasalho 2016 nas Casas do Usuário e na base do Estrada para a Saúde.

Os motoristas que utilizam o Sistema Castello-Raposo e Trecho Oeste do Rodoanel podem contribuir com a Campanha do Agasalho 2016 diretamente em um dos 26 postos de coleta ao longo das rodovias até o dia 30 de junho. A campanha é realizada pela CCR ViaOeste e CCR RodoAnel, por meio do Instituto CCR.

Além de poder entregar as peças de agasalho e cobertores em todas as praças de pedágio no trecho, os usuários também têm à sua disposição postos nas Casas do Usuário e na base do Estrada Para a Saúde, localizada na Rodovia Castello Branco. Segue lista completa abaixo:

– Casa do Usuário – Rodovia Castello Branco (SP 280) – km 24 Leste (Sentido Capital)
– Casa do Usuário – Rodovia Raposo Tavares (SP 270) – km 34 Leste (Sentido Capital)
– Casa do Usuário – Rodovia José Ermírio de Moraes (SP 75) – km 12,5 Sul
– Área de Descanso – Estrada para a Saúde Rodovia Raposo Tavares (SP 270) – km 57 Leste (Sentido Capital)

“Ao passar pelas cabines de cobrança manual, tudo que o motorista precisa fazer é entregar as peças diretamente para o arrecadador. Por meio deste simples gesto, podemos contribuir para melhorar as condições das pessoas que precisam”, explica Sergio Ribeiro, gestor de Comunicação e Relações Institucionais da CCR ViaOeste e CCR RodoAnel. Os itens serão doados para instituições assistenciais e pessoas carentes dos municípios atendidos pelas rodovias. Em 2015, as concessionárias arrecadaram mais de 7.200 peças de agasalhos e cobertores.

Projeto SacoLona
Uma novidade na campanha deste ano é que parte das caixas de arrecadação foram confeccionadas pelo projeto socioambiental SacoLona. Criado em 2008, o projeto utiliza lonas de comunicação descartadas pelas concessionárias do Grupo CCR para produção de materiais como bolsas customizadas, nécessaires e estojos escolares. Atualmente são mais de 80 mulheres atuando diretamente nessa produção, gerando renda com o aprimoramento constante dos produtos.

Sobre rodrigo

Leia também

Prefeitura de Santana de Parnaíba entregará dia 03/07 na Fazendinha o segundo Terminal Rodoviário da cidade

Terminal contará com 13 linhas de ônibus, sendo 4 municipais, 9 intermunicipais, além de uma …