Home / Barueri / Muitos eventos marcaram Semana da Consciência Negra em Barueri

Muitos eventos marcaram Semana da Consciência Negra em Barueri

O 20 de Novembro, Dia Nacional da Consciência Negra, data da morte de Zumbi dos Palmares, um escravo que foi líder do Quilombo dos Palmares e simbolizou a luta do negro contra a escravidão que sofriam os brasileiros de raça negra, foi comemorado em Barueri, onde também é feriado municipal, dentro de uma grande programação cultural promovida pela Secretaria de Cultura e Turismo

Não obstante ao tempo carrancudo uma boa parcela da população da cidade e da região, não se intimidou, prestigiou o evento (que teve apoio da Liesb – Liga das Escolas de Samba de Barueri) e sambou com bastante disposição embalados pela cadência do ritmo mais contagiante da nossa terra.

Preocupada com o resgate histórico e com a inserção e integração dos povos e especialmente pela valorização da cultura negra, a Secretaria de Cultura e Turismo proporcionou também pequenas oficinas de turbantes étnicos, tranças afro, desfiles com modelos negros e bonecas negras, dentre outros.

Outra atividade que também marcou as comemorações foi uma pequena palestra sobre o resgate da autoestima por parte especialmente da juventude negra, proferida pelo jornalista Gerson Pedro e pela professora Vera Delfina.

Quem procurou algo mais intimista encontrou a qualidade e sensibilidade do Duo Flutuart, formado por Paula Pascheto (flauta) e Júlia Tygel (piano) e que conduziu o público para um repensar histórico sobre autores afro-brasileiros, perpassando por obras de compositores como Patápio Silva, Chiquinha Gonzaga e Pixinguinha.

Outro importante segmento que incrementou com muita classe as homenagens à Consciência Negra pendeu para as artes plásticas com a exposição “Azul” da artista Bea Corradi e os trabalhos da também artista plástica Tânia Britto, que retratou de maneira profundamente artística mulheres negras que exercem ofícios dos mais variados na Prefeitura. Ambas exposições aconteceram no hall da Galeria de Artes da cidade.

Finalmente, para o fechamento com chave de ouro da Semana da Consciência Negra de Barueri, aconteceu no domingo (dia 26) a volta do Samba na Praça, um projeto que foi retomado e que a partir de agora deverá ocorrer sempre no último domingo de cada mês na Praça dos Estudantes.

O evento superou toda e qualquer expectativa, reunindo mais de duas mil pessoas que se divertiram ao som do grupo musical “União.com” da cidade de Osasco e também com as músicas do DJ Buda, que colocaram todos para dançar de forma contagiante. O final da festa foi com a bateria da Escola de Samba Unidos do Jardim Belval, que de forma contagiante arrepiou aos presentes com seu ritmo contagiante.

Sobre rodrigo

Leia também

Zona Azul Digital começa a funcionar em caráter piloto em Barueri

Na quinta-feira (dia 25) entrou em operação a Zona Azul Digital em Barueri, tecnologia desenvolvida …