Home / Cidades / Lei prevê multa para quem jogar entulho em ruas de Barueri

Lei prevê multa para quem jogar entulho em ruas de Barueri

lei-preve-multa-a-quem-jogar-entulho-em-ruas-3_bonny-vieira O descarte irregular de entulhos e de outros resíduos sólidos (como lixo comum, sofá, madeiras, colchão, pneus e terra) vai começar a pesar no bolso de quem polui a cidade. A lei municipal 2.482 de 19 de outubro de 2016, publicada no Diário de Barueri de terça-feira, 25, prevê aplicação de multas a este tipo de infração a partir de 45 dias.

A multa é calculada com base no valor da Ufib (Unidade Fiscal do Município de Barueri), que é reajustado anualmente, e em função do volume dos resíduos deixados em áreas livres ou nos leitos, passeios, canteiros ou refúgios de vias públicas.

Valores das multas

lei-preve-multa-a-quem-jogar-entulho-em-ruas-4_arquivoSe o volume for de até cinco metros cúbicos, o que equivale aproximadamente a uma caçamba padrão de entulho, a multa é de 10 Ufib’s. Pelo valor da Unidade para o exercício de 2016 (conforme a lei complementar 357, de 2 de outubro de 2015), a penalidade seria de R$ 312.

Já para volumes entre cinco e 10 metros cúbicos (de uma a duas caçambas, aproximadamente) a multa é de 25 Ufib’s (ou R$ 780, com a mesma base de cálculo). Nos casos em que o volume de entulho superar 10 metros cúbicos (cerca de mais de duas caçambas) a multa é de 50 Ufib’s (R$ 1.560, no valor atual). As multas dobram em ocorrências reincidentes.

Além da multa, o responsável pelo entulho também é notificado a remover os resíduos em até 72 horas. Se não cumprir este prazo, o infrator assume os custos que a Prefeitura obtiver com a remoção do material.

Fiscalização

De acordo com a lei, serão responsáveis pela fiscalização de entulhos nas áreas públicas e pela aplicação das multas a Secretaria de Recursos Naturais e Meio Ambiente, a Secretaria de Serviços Municipais e a Guarda Civil Municipal de Barueri.

Arrecadação

Quem for autuado tem 10 dias para pagar a multa ou para recorrer junto ao órgão fiscalizador. Em caso de inadimplência a multa será inscrita em dívida ativa.

A arrecadação a partir das multas aplicadas com base nesta legislação será revertida ao Fundesb (Fundo Municipal de Desenvolvimento Sustentável e Proteção de Biodiversidade de Barueri) – instrumento de suporte financeiro a planos, programas e projetos de uso racional e sustentável de recursos naturais, de educação ambiental e de controle, fiscalização, defesa ou recuperação do meio ambiente.  (João Carlos Amaral)

Crédito das fotos 1 a 3: PMB Bonny Vieira

Crédito da foto 4: Arquivo PMB

Sobre rodrigo

Leia também

Últimas Indicações do vereador Cristovam são apresentadas na Câmara

Parlamentar de Carapicuíba faleceu no domingo (28), vítima de pneumonia Durante a 13ª Sessão Ordinária …