Home / Barueri / Pessoas com síndrome de Down ganham mais autonomia em Barueri
portador de síndrome de down sorridno para a câmera enquanto trabalha em um notebook

Pessoas com síndrome de Down ganham mais autonomia em Barueri

Inri Fernandes, 27 anos, é um barueriense cheio de energia e tem uma vida social bem ativa. Ele pratica esporte, dança, vive cercado de amigos e, também, tem síndrome de Down. Na semana em que essa condição genética é lembrada no mundo inteiro (21 de março é o Dia Internacional da Síndrome de Down), Inri mostra que tem muito mais semelhanças com os jovens de sua idade do que diferenças.

O protagonista dessa história já tem a sua autonomia financeira, pois trabalha há 5 anos na concessionária CCR Via Oeste, que fica em Barueri. O emprego foi conquistado por meio da Secretaria Municipal dos Direitos da Pessoa com Deficiência (SDPD), através do Departamento de Empregabilidade – setor que encaminha pessoas com deficiência ao mercado de trabalho.

“Aqui eu tenho amigos, amo o que faço”, afirma Inri, referindo-se ao ambiente de trabalho. Mas antes de ser um funcionário dedicado, o rapaz de sorriso largo ainda se preocupa com a solidariedade e é campeão em juntar lacres de alumínio. Essa atitude ajuda com a compra de cadeiras de rodas que são doadas a instituições.

Sua mãe, a dona de casa Arilene Fernandes, orgulha-se ao ver o desempenho do filho no dia a dia. “Ele é muito amoroso e adora fazer as atividades extras, como dançar e fazer ginástica. Ele se supera todos os dias. O Inri é minha luz, vivo para ele e por ele”, declara.

Além da Lei de Cotas
Para o secretário da SDPD, Carlos Roberto da Silva, uma das metas da pasta é ampliar as chances da pessoa com deficiência a ingressar no mercado de trabalho. “A nossa busca está muito além de ajudar as empresas a cumprirem a Lei de Cotas, a essência do nosso trabalho é oportunizar autonomia para os usuários, garantindo qualidade de vida plena para essas famílias”, destaca.

A APAE Barueri, em parceria com SDPD, realizará palestra sobre o tema nesta quarta-feira (dia 21), às 14 horas, no prédio da Secretaria, que fica na rua Vereador Isaias Pereira Souto, 175, Jardim Belval.

Síndrome de Down
No Brasil, estima-se que mais de 300 mil pessoas têm síndrome de Down. Na SDPD, 180 atendidos possuem essa alteração genética e participam de diversos programas oferecidos pela Secretaria, desde a oficina de teatro até o Departamento de Empregabilidade.

Sobre rodrigo

Leia também

Zona Azul Digital começa a funcionar em caráter piloto em Barueri

Na quinta-feira (dia 25) entrou em operação a Zona Azul Digital em Barueri, tecnologia desenvolvida …