Home / Utilidade pública / Polícia Científica de São Paulo auxiliará na identificação de vítimas em Brumadinho (MG)

Polícia Científica de São Paulo auxiliará na identificação de vítimas em Brumadinho (MG)

Será enviada equipe formada por dois médicos legistas, dois atendentes de necrotério e três auxiliares de necropsia; 400 kits de identificação de DNA já foram enviados para Minas Gerais

A Polícia Técnico-Cientifica de São Paulo irá enviar sete policiais para auxiliar o Governo de Minas nos trabalhos de identificação das vítimas em Brumadinho, região metropolitana de Belo Horizonte. A equipe sairá de São Paulo na manhã desta sexta-feira (1°).

Do total, serão dois médicos legistas, dois atendentes de necrotério e três auxiliares de necropsia, chefiados pelo médico legista Antônio Carlos Milagres. Atendendo a uma solicitação da Polícia Federal, a SPTC já enviou para Brumadinho 400 kits para a identificação de DNA.

O superintendente da Polícia Técnico Científica, Maurício Rodrigues Costa, destaca que o envio da equipe é de importância humanitária. “Essa integração nacional representa a troca de experiência e conhecimento entre os órgãos de segurança para auxiliar neste momento”.

Mais 54 policiais militares

Na terça-feira (29), a Polícia Militar enviou 54 profissionais para auxiliar nas buscas por vítimas na região. O grupo partiu da Escola Superior de Sargentos, na capital paulista.

Do total de 54 homens, 44 são do Corpo de Bombeiros e 10 são tripulantes do Comando de Aviação da PM, que operarão dois helicópteros Águia. Além dos profissionais, a tropa paulista segue com dois cães farejadores, 12 viaturas, drones, um caminhão com material operacional e todo equipamento necessário para os trabalhos na região.

Sobre rodrigo

Leia também

HMB promove encontro mensal sobre qualidade de vida para pacientes oncológicos e seus familiares

O Hospital Municipal de Barueri (HMB) iniciou no mês de março o projeto “Oncologia e …