Home / Saúde / Vacina contra HPV está disponível nos postos de saúde

Vacina contra HPV está disponível nos postos de saúde

Vacinação HPV

A procura pela vacina de HPV nos postos de saúde do município permanece baixa em relação à meta estipulada pela Secretaria da Saúde. A campanha de vacinação que começou no dia 10 de março espera adesão de mais jovens de 9 a 11 anos.

A imunização contra o HPV foi inserida no calendário vacinal do Sistema Único de Saúde (SUS) em março do ano passado para o primeiro grupo de meninas, de 11 a 13 anos. A vacina é injetável e aplicada em três doses. A segunda deve ser recebida seis meses depois da primeira e a terceira, cinco anos mais tarde.

A vacina protege meninas contra as 15 variedades mais perigosas do papiloma vírus humano (HPV), relacionadas a doenças como câncer de colo de útero, de vagina, verrugas genitais e outros tipos de câncer. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), o câncer de colo do útero é o terceiro que mais atinge as mulheres.

HPV
O Papiloma Vírus Humano, ou HPV, é um vírus que vive na pele e nas mucosas dos seres humanos, tais como vulva, vagina, colo de útero e pênis. É uma infecção transmitida sexualmente (DST). A ausência de camisinha no ato sexual é a principal causa da transmissão.

Também é possível a transmissão do HPV de mãe para filho no momento do parto, devido ao trato genital materno estar infectado. Entretanto, somente um pequeno número de crianças desenvolve a papilomatose respiratória juvenil.

O HPV pode ser controlado, mas ainda não há cura contra o vírus. Quando não é tratado, torna-se a principal causa do desenvolvimento do Câncer de colo do útero e do Câncer de Garganta. 99% das mulheres que possuem Câncer de colo do útero foram infectadas por esse vírus.

Como funciona
A vacina HPV está disponível para adolescentes entre 9 e 11 anos, nas Unidades Básicas de Saúde

A adolescente deverá tomar 3 doses da vacina. A primeira dose já está disponível em março de 2015, a segunda, em setembro de 2015, e a terceira será agendada para 60 meses após a data da primeira dose.

Destaca-se que as meninas de 12 a 13 anos que ainda não foram vacinadas devem procurar uma Unidade de Saúde do SUS para tomar a vacina. É preciso completar o esquema vacinal, pois só com a segunda dose a adolescente estará protegida.

________________________________________________________________________
Letícia Fortino
25/03/2015
Crédito da foto: Divulgação

Sobre Administrador

Sou Desenvolvedor Front end, trabalho com desenvolvimento de Websites, SEO, e layout. Criação de e-mail marketing e peças gráficas , análise e acompanhamento de seus resultados. Mensuração de resultados via Google Analytics. Trabalho com as linguagens CSS, CSS3, HTML5, PHP e jQUERY.

Leia também

Barueri/SP – Famílias vítimas da Covid-19 recebem acolhimento de assistentes sociais da Cabs

As famílias de Barueri que estiveram cara a cara com o novo coronavírus têm recebido …