Home / Saúde / Baixas temperaturas são propícias para infecções respiratórias
Fazer inalação evita que a criança tenha complicações mais graves

Baixas temperaturas são propícias para infecções respiratórias

Fazer inalação evita que a criança tenha complicações mais graves
Fazer inalação evita que a criança tenha complicações mais graves

A chegada do outono, com temperaturas mais baixas, aumenta a probabilidade do contágio de infecções respiratórias. A imunidade fica mais comprometida e as pessoas tendem a aglomerar-se em locais fechados, com pouca circulação de ar.

“A maior parte das infecções é por vírus. E mesmo as infecções por bactérias, aquelas que precisam de antibiótico, começam com uma infeção viral. A bactéria aproveita para entrar no organismo”, explica a médica Fernanda Doreto Rodrigues.

Fernanda lidera o grupo de pediatras da Secretaria de Saúde de Barueri e relata que as infeções respiratórias são a principal causa de internação infantil. “No Hospital Municipal, 80% das internações ao longo do ano são por causas respiratórias, mesmo com o atual surto de dengue”, ressalta.

Para evitar estes males a recomendação é evitar a aproximação de doentes e também os aglomerados de pessoas, pois não se sabe quem pode estar infectado. Já que o contato também transmite vírus, lavar as mãos é sempre uma medida preventiva, assim como estar com a vacinação em dia. A criança que já está gripada, para evitar complicações, deve beber bastante líquido, repousar, ter o nariz lavado com soro várias vezes ao dia e fazer inalações.

Influenza
O vírus influenza é o segundo maior responsável por infecções no aparelho respiratório (o primeiro é o vírus sincicial) e pode trazer graves complicações como pneumonia, insuficiência respiratória e infecções bacterianas associadas. Para combatê-lo, o Brasil todo está na Campanha de Vacinação Contra Influenza, que começou na segunda feira, 4, e vai até 22 de maio.

“A lenda de que a vacina dá gripe não é real”, informa Fernanda. “Mesmo tomando a vacina, a gripe pode ser causada por outro tipo de vírus. A vacina é importante para evitar doenças mais graves”, destaca a pediatra.

Devem ser vacinadas contra influenza crianças maiores de seis meses e menores de cinco anos (somente uma em cada 100 crianças vacinadas apresenta quadros de febre), idosos a partir de 60 anos, gestantes, mulheres até 45 dias após o parto e profissionais da área de saúde. Em Barueri, a vacina é aplicada gratuitamente de segunda a sexta-feira, das 8 às 17 horas, em todas as unidades básicas de saúde (UBS).

Dia D
Neste sábado, 9, haverá grande mobilização para a Campanha de Vacinação Contra Influenza. As unidades básicas de Barueri aplicarão a vacina das 8 às 17 horas.

Já das 8 às 16 horas haverá outros postos de vacinação na Clínica de Saúde da Unip (na alameda Amazonas, em Alphaville), no Solar Ville Garaude (no 18 do Forte) e no Condomínio Morada dos Pássaros (em Aldeia da Serra). O Alpha Shopping (no Centro Comercial Alphaville) também oferecerá a vacina gratuitamente, mas só entre 10 e 16 horas.

______________________________________________________________________
João Carlos Amaral
05/05/2015
Crédito da foto: PMB Bonny Vieira

Sobre Administrador

Sou Desenvolvedor Front end, trabalho com desenvolvimento de Websites, SEO, e layout. Criação de e-mail marketing e peças gráficas , análise e acompanhamento de seus resultados. Mensuração de resultados via Google Analytics. Trabalho com as linguagens CSS, CSS3, HTML5, PHP e jQUERY.

Leia também

Barueri/SP – Famílias vítimas da Covid-19 recebem acolhimento de assistentes sociais da Cabs

As famílias de Barueri que estiveram cara a cara com o novo coronavírus têm recebido …